Escoteiro da Pátria

Escoteiro da Pátria

Aprovado pela Diretoria do Nível Local, homologado pela Diretoria Regional e certificado pela Diretoria Executiva Nacional, ao jovem especialmente recomendado pelos escotistas e pela Corte de Honra de sua Tropa, que:

  • Tenha realizado a totalidade das atividades da Etapa Azimute;
  • Tenha conquistado o Cordão Dourado;
  • Possua uma das seguintes Insígnias de Interesse Especial do Ramo Sênior: Insígnia Mundial do Meio Ambiente, Insígnia da Lusofonia, Insígnia Cone Sul ou Insígnia do Desafio Comunitário.;
  • Possua pelo menos 10 noites de acampamento, como Sênior, com sua Patrulha ou Tropa;
  • Possuir a Insígnia da sua respectiva modalidade (Aeronauta, Naval ou Mateiro), do Ramo Sênior.

É um distintivo em forma de elipse, na cor verde, dentro do qual estão bordadas as Armas da República, em dourado e prata.

O distintivo deve ser colocado na manga direita da camisa e pode ser usado até o jovem conquistar o distintivo de Insígnia de B-P, ou, caso isto não aconteça, até sua saída do Ramo Pioneiro. Os Seniores podem começar a realizar os itens necessários para conquistar o Distintivo de Escoteiro da Pátria desde o início da sua vida na Tropa, em paralelo com as outras etapas de progressão.